Gaivotas em terra, tempestade no mar

O som das gaivotas que te sobrevoam enche-te o coração de mar.

Olhas para o véu cinzento que cobre a luz desta cidade e sentes os pés na areia, as campainhas das bicicletas, um riso estrondoso quando se abre a porta de um bar.

Olhas à tua volta para a geometria perfeita em busca de inspiração. Os prédios limpos, as esculturas que emolduram as janelas, uma cortina que se fecha com o teu olhar.

Andas pela rua como se fosse a tua casa, esquinas, escadas, metros que partem, cheiros e sabores. Aquele barulho ensurdecedor que puxa pelo melhor de ti, que faz encher os pulmões de coragem e expirar emoções sem fim.

A língua que te faz pertencer, a mistura que te faz sentir no lugar certo, o sorriso que te segura a porta, o toque nas costas para poder passar.

Barcelona cosmopolita, que mistura o castizo com o trendy, o Catalão e o Castelhano, as riscas amarelas e vermelhas que se expandem ou multiplicam.

Despertas deste sonho de olhos abertos com o cantar das gaivotas que partem, voam em direção ao mar. A tempestade passou para a terra e o sol volta a iluminar estes edifícios, e a aquecer a vida de quem por aqui passa, com as suas ilusões e ideais, com os sonhos de pequeno que se realizam, com o orgulho de uma cidade que não esquece.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s